Pequenas turmas, grandes festas

“A união faz a força”, você com certeza já ouviu muitas vezes este ditado e eis aqui uma boa ocasião para utilizá-lo. Não é a primeira vez que estamos batendo nesta tecla, mas achamos importante repetir, na tentativa de modificarmos uma cultura que não traz muitos benefícios a ninguém. Uma pequena turma de 30 alunos faz uma festa legal de formatura. Três destas turmas juntas, formam uma turma de mais de cem formandos. E uma formatura de cem alunos é uma formatura como a de Medicina ou Ciências Médicas; ou a de Direito; ou Direito. São formaturas invejadas, desejadas, badaladas… Mas, por quê?

Temos assistido, também, a um sem número de novas faculdades pipocando de tudo quanto é lugar. O que é ótimo, abre mais espaço, mais oportunidade, mais escolhas. Mais turmas, turmas menores. Muitas pequenas formaturas. Claro que estamos dizendo pequenas no número de alunos e não em sua importância. E falando em formaturas…

Vamos pensar na prática; primeiro a arrecadação de uma turma de cem formandos é consideravelmente maior do que a arrecadação de uma turma de trinta formandos. Com isto, a turma não só alcança melhores serviços, mas também aumenta, e muito, o seu poder de barganha; afinal de contas, a turma vai fazer “uma compra” muito maior e melhor. Segundo, um baile de uma turma de trinta formandos é um festa para seiscentas pessoas. Um baile para uma turma de cem formandos é um baile para 2.000 convidados. E, convenhamos, um baile para 2.000 convidados não é um baile qualquer. É um verdadeiro baile de gala.

O que nós estamos defendendo aqui não é um menor número de formaturas por ano, mas, sim, um maior número de formaturas mais ricas, mais bacanas. Estamos falando de agregar valores aos eventos, por um preço mais acessível a todos. Nós sabemos que estes eventos geram grandes despesas, não só com a própria formatura mas também com investimentos pós-formatura, como abertura de escritórios, consultórios, etc., então por que não se unir e facilitar a realização dos sonhos de todos? Não tem sentido fazer duas formaturas para o mesmo curso manhã e noite. É o mesmo curso, a mesma faculdade. Ah, mas a gente nem se conhece… E você acha que você conhece todos os pais, filhos, irmãos e irmãs, maridos e esposas, avôs e avós, tios e tias, primos e primas, namorados e namoradas, amigos e etc. de todo mundo na sua sala? Quantas pessoas você acha que você vai reconhecer na sua colação, na missa ou no baile? Não há justificativa para duas formaturas. Além do mais, os seus colegas vão estar lá de qualquer jeito. Outra desculpa: “é difícil a gente se encontrar para resolver as questões”. A maioria das questões da comissão será resolvida fora do horário de aula. O que tiver que ser resolvido com a turma toda, cada membro da comissão leva as questões à sua respectiva turma, e traz as resoluções para a comissão. Além disso, um cerimonial comum às duas turmas resolve quase tudo de forma mais eficiente. Na verdade, o que falta é um pouco mais de diálogo e interesse entre as turmas, e também uma intervenção direta das fa-culdades, a fim de acabar com essas “cisminhas” e criar uma nova cultura dentro de nossas instituições.

Então, vamos pensar com carinho sobre esta questão. Turma pequena, festa pequena e custo alto. Turmas unidas, grandes formaturas requintadas, por um preço acessível.

 


Copyright © 2011 MULTIEVENTOS | Av. Buarque de Macedo, 731, Centro - Maceió/AL - CEP: 57020-520
Tel: (82) 3326.1734 - E-mail: multieventos@multieventos.com

Desenvolvido por leonardoreis.com